Pesquisar este blog

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Masturbação

Aquele momento de muito tesão,  muito tesão,  mas muito tesão mesmo, algo simplesmente insaciável, e ao mesmo tempo aquele momento que não tem ninguém pra te comer, mas aquela vontade louca de dar, muitooo louca, pra onde socorrer? Para masturbação,  pelo menos pra nós mulheres não fazemos assiduamente como os homens (pelo menos a maioria), e eu confesso que eu não faço só porque eu não consigo fazer sozinha, pois tenho unhas muito grandes,  logo eu uso o chuveirinho do meu banheiro, mas eu tenho uma dificuldade tremenda de gozar, ainda mais sozinha,  mas fui a primeira tentativa às 16 horas mais ou menos, coloquei a potência máxima da água bem encima do meu clitóris, no local que mais sinto prazer e fui com tudo, o prazer foi no exato momento e água água forte batendo, ai começou aquela hora da perna começar a ficar bamba, meu corpo começou a suar, minha perna começou a queimar estava ficando bom,  muito bom, caralho vou gritar, vou chegar, que tesão,  vou chegar lá e pronto a minha mão escorrega de tão dormente que ficou e de tanta pressão da água,  tentei continuar, mas dali não consegui até porque fiquei meio sensível e queria naquele momento penetração,  mas eu não desisti, mais tarde eu cheia de tesão voltando sa faculdade e depois de ter falado umas sacanagens voltei pra casa e pro meu banheiro tentei mais uma vez e essa segunda vez foi muito boa e muito rápida ao mesmo tempo, parecia que porque era noite a água estava com mais pressão ainda, e estava aquele negócio muito gostoso, maravilhoso, chegando lá, quase lá,  vou gozar,,vou gozar e pronto mais uma vez não consegui gozar de novo, caralhoooo, que ódio,  que tesão, quero fuder,  meter, que raiva, quero fuder até não aguentar mais, até me rasgar toda, necessito, o que eu estou fazendo de errado?  Não aguento mais, preciso gozaaaaar, gozar, gozar, caralhooooo, como vou conseguir fazer isso hoje?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gente,leia e comente, se não leu por favor não comente, não quero mais comentários e nem mais seguidores, quero leitores, obrigada Kate Luzzi.