Pesquisar este blog

sábado, 18 de setembro de 2010

Odio

Momento de revolta, não faço a mínima ideia do que acabou de acontecer, a minha mãe não deixou eu sair, não sei porque, em pleno sábado vou ficar em casa, é essa hora que eu desejo a morte das pessoas e nunca acontece, minha própria mãe, sempre fala " nunca deseja o mal para as pessoas, que isso pode acabar acontecendo", não adianta nada, por que mais do que eu ja agorei meu pai e nunca funcionou.
Eu me sinto reprimida pelos meuas atos, eu não acho necessário estar velho, feio gordo e de cabelos brancos pra poder sair, pois eu tenho que curtir a minha vida o pouco tempo que me resta, porque eu nunca sei o que vai acontecer amanhã, eu tenho que ter todos os prazeres dela e aproveitar cada segundo, mais e mais.
Minha mãe vive reclamando que as coisas ruins acontecem com as pessoas que vivem ao nosso redor, realmente, e todas essas pessoas que morrem tragicamente, são "responsáveis da vida", pois, todas elas frequentavam a igreja (quando eram vivas), ia da escola pra casa (e mesmo assim tirava nota baixa), tinha um namorado e falava que só iam fazer sexo depois do casamento, resultado final, morreram virgens (eu acho), e o que fizeram da vida ? NADA !
Eu tenho o bastante para que minha mãe me deixe sair, minhas notas na escola são exelentes e nos cursos também, quer mais do que isso ? Eu acho que não é necessário, é o que ela mais quer, além de receber elogios de meus professores assiduamente, vamos dizer assim, e além disso eu tenho um português execelente, e nivel intermediario de inglês, básico no francês, além disso estar cursando o ensino técnico de petróleo e gás, além de eu ser uma exelente filha, porque ela me prendeu hoje em casa ? Não sei, e nem adianta falar que ela teve um precentimento que essa nem rola, de acordo com a religião dela a pessoa já está predestinada a morrer um dia, ela não pode morrer nem antes nem depois, é naquele exato momento que o destino ou sei la o que escolhe, por isso não acredito em nada e em nenhuma religião, eu acho muitas coisas incabiveis, mas ja me liberei bastante, meu odio já foi embora, por isso que escrever é o melhor calmante que existe, agora já que estou em casa vou estudar, mas tarde eu volto, se acontecer algo surpreendente, Ah lembrei de uma coisa essa festa que minha mãe não deixou eu ir só acontece uma vez por ano, e ela disse pra eu ir depois, depois só no ano que vem, né ?

Um comentário:

  1. O melhor texto de todos, me deu até vontade de rir e chorar e tudo !
    Está com a vida melhor que a minha, sabe até Francês, mulher !
    Adorei ler até seus momentos de revolta. J'taime, woman ...

    ResponderExcluir

Gente,leia e comente, se não leu por favor não comente, não quero mais comentários e nem mais seguidores, quero leitores, obrigada Kate Luzzi.